BEM ESTAR E QUALIDADE DE VIDA EM 2017

TEXTO POR LEANDRA GIORGETTI – CRN 43064 – leandragiorgetti@outlook.com

Bem estar e qualidade de vida são conceitos cada vez mais em voga, amplamente difundidos pela mídia e especialistas no assunto. Alimentar-se bem é fundamental para quem busca ter mais disposição e energia. O desafio é manter a disciplina em meio à rotina agitada entre trabalho, casa, família e estudos.

O ideal é ter consciência que a alimentação saudável é a base para uma vida longa. Por isso, é importante não seguir modelos prontos, dietas que prometem resultados instantâneos, ou acreditar que produtos anunciados quase como milagrosos serão a solução final para quem busca saúde e melhor aparência. O “estar bem” esteticamente remete a manutenção de bons hábitos alimentares, assim como a regularização de atividades que promovam o aumento do gasto energético por um longo período, sim, por um longo período. O ideal que haja o acompanhamento nutricional e concomitantemente o treinamento físico para que os resultados sejam mais expressivos. As escolhas devem ser equilibradas e sadias, onde o prazer não seja culpa, o alimentos não sejam vilões e as festas prazerosas. Desta forma a construção de um padrão alimentar equilibrado é ideal para lidar melhor com inúmeros eventos, férias, festas e confraternizações de final de ano. Seguem algumas sugestões:

·       Dia de compras e preparo das festas: não deixe de se alimentar de 3 em 3 horas (evitar fome). Leve as opções de lanches mais práticas oferecidas no seu cardápio e não se esqueça de uma boa hidratação! Durante o dia transpiramos e deixamos de repor os líquidos perdidos. Muito cuidados nos dias mais quentes! Lembre-se da garrafinha de água a todo tempo ao alcance das mãos.

·       Festas de confraternização do trabalho: Não vá para a confraternizações com fome. Antes de ir consuma o lanche correspondente à sua dieta ou faça a refeição antes do horário recomendado. Por exemplo: Se a festa for à noite, procure jantar e se for na hora do almoço procure opções similares ao seu cardápio, desta forma há a redução do seu apetite evitando o consumo de alimentos como salgadinhos, frituras, bolo, ou docinhos. Não passe vontade e prove apenas alguns petiscos! Faça escolhas saudáveis! E muita atenção com as quantidades!

·       Na Ceia de Natal: Primeiro planeje um cardápio mais leve! Depois faça as preparações com produtos naturais e leves, com reduzida adição de gordura e açúcar. Como entrada opte pelas saladas (verduras cruas e um prato bem colorido), assim aumentará sua saciedade. Para sobremesas abuse das frutas, principalmente daquelas da estação: abacaxi, ameixa, manga, melancia, nectarina e pêssego. Cuidado também nas quantidades e reduza o volume do prato principal.

·       Na festa de Ano Novo: procure manter o ritmo que foi nas festas anteriores, faça sempre escolhas mais leves, bastante água e suco para hidratar as perdas hídricas do verão.

·    Cuidado com os petiscos! Perder o controle do que esta ingerindo é um péssimo hábito. Caso opte pelos petiscos, coloque a porção a ser consumida em um recipiente a parte e faça a degustação. Assim você saberá a quantidade a ser porcionada na próxima refeição.
·       Cuidado com as bebidas alcoólicas! Nesta época do ano é comum o consumo a mais de preparações alcoólicas! Porém não deixe de ingerir o alimento para consumir a bebida, não trabalhe com compensações! Seu organismo irá reclamar no dia seguinte! O mais fácil é manter o bom senso e equilibrar o consumo do álcool.

FÉRIAS NA PRAIA:

– Procure manter o equilíbrio na dieta, seguindo as orientações gerais do cardápio, tais como: Hidratação diária (água, água de coco, picolés de frutas, sucos naturais) porém equilibrando o consumo dos alimentos sugeridos durante o dia; evitar períodos longos em jejum, se alimentando a cada 2 ou 3 horas; escolher um momento do dia para o consumo de bebidas alcoólicas e sempre intercalando o consumo com água e alimentos;

–    Evite petiscar! Sempre acaba perdendo o controle do seu consumo;

–    Nos dias de praia, se quiser fazer os lanches com o que é oferecido no local, dê preferência pelo: milho cozido (sem adição de gordura) e picolé de frutas;

–    Dê preferência pelos lanches preparados e levados: Sanduíche de atum, castanhas (em pequena quantidade), frutas, cenoura e pepino em tiras temperados com sal e limão, etc;

–   Caminhe ou corra na areia TODOS OS DIAS! O gasto energético na areia é bem maior!

Retorno com a nutricionista! O processo é continuo! Não se engane!  Lembre-se que comer saudável não é dieta e sim estilo de vida e principalmente no final do ano.