Chloé – SS21 – Semana de Moda de Paris

“UMA TEMPORADA DE ESPERANÇA”

  

O eterno otimismo da Chloé olha para o futuro, abraçando as possibilidades das mulheres e o poder por sua comunhão vital. Refletindo sobre intimidades e afirmações consigo mesma e com o mundo ao nosso redor, o verão de 2021 de Natacha Ramsay-Levi aparece em silhuetas em constante movimento nas ruas de Paris, que convergem a caminho do Palais de Tokyo. O movimento digital e físico explora o conceito de caminhar e observar, como exercícios contemplativos, convidativos a interpretação por parte do usuário e seus espectadores. Como corpos femininos unidos neste paraíso de excelência artística, cada um atinge um novo acorde, numa paisagem sonora harmoniosa.

Refletindo nosso contexto global através do olhar feminino, a serigrafia gráfica, obra da artista americana Corita Kent, vaza e flui ao longo da coleção como momentos de urgente poesia visual escrita em cores. Eles resumem a temporada, em espírito inatamente “printado”, onde um acúmulo de símbolos Chloé se torna um ato rebelde de feminilidade. Entre os tecidos coloridos de várias camadas – neons lavados, neutros branqueados e tons minerais quentes – obras de arte de Corita são impressos e tricotados em roupas e acessórios.

  Como ordem no caos, peças são adornadas por graciosas geometrias que aparecem de forma despretensiosa em vestidos e camisolas plissadas de crepe e que ganham finas linhas de renda valenciana. Golas bordadas adornam malhas caneladas e túnicas de algodão são estampadas com ramalhetes e apliques de flores em Art Nouveau. Adornados por cintos que marcam a cintura, saias e vestidos tablier em seda e lãs de verão se justapõem a ombros que ganham acabamentos em babados e crochê. O estilo Boyish aposta em silhuetas amplas, blazers longos e camisas mais largas, que são usadas com calças e shorts em gabardine stonewash com pregas – cada peça uma nova expressão da Chloé, com um ar atemporal e atitudes remixadas e revisitadas para os dias atuais.

Entrelaçada a gestos e inspirações de temporadas passadas, a coleção de acessórios do verão 2021 da Chloé continua a ser ousada. A marca apresenta o novo modelo Chloé Kiss, uma bolsa em couro formato saco, com ferragens douradas e alças que aumentam e diminuem conforme a forma de uso – seus acabamentos lembram os cintos, e parecem peças de joalharia. A nova Bolsa Hailey tem formato de almofada, feita em pele de bezerro lisa, com detalhes em ouro escovado. A clássica Daria vem estampada com arte em serigrafia de Corita Kent. Nos pés, sandálias abotinadas aparecem vazadas com fechos ou com cadarços, feitas em couro, lona e suede.

Confira mais deste desfile:

Sobre Corita Kent – Corita Kent (1918-1986) foi uma artista, educadora e defensora do social justiça. Kent entrou na ordem religiosa do Imaculado Coração de Maria, Los Angeles, onde estudou desde os 18 anos antes de ensinar arte na Immaculada Heart College de 1938-68. Lá ela recebeu amigos notáveis como Alfred Hitchcock, Buckminster Fuller, John Cage e Charles & Ray Eames como palestrantes convidados.

Ao longo da década de 1960, o trabalho de “serigrafia” em serigrafia ousada e colorida de Corita tornou-se cada vez mais político, ganhando impulso até que ela deixou a igreja em 1968 para prosseguir sua carreira artística e de ensino. Ela continuou sua serigrafia trabalharam e desenvolveram uma prática de aquarela ao ar livre ‘plein air’ em Boston, Massachusetts até sua morte em 1986. Em sua memória, o Corita Art Center foi criado em Hollywood, Los Angeles, e detém a maior coleção do mundo de trabalho e materiais de arquivo de Corita.

A coleção Chloé Spring Summer 2021 inclui as seguintes obras de arte de Corita Kent: hope’ (1965), ‘give the gang our best’ (1966), ‘i can handle it’ (1966), ‘for emergency use soft shoulder’ (1966), and ‘viva’ (1967), courtesy of the Corita Art Center, Los Angeles. Parte da receita da primavera verão 2021 colaboração apoiará o Corita Art Center, uma organização sem fins lucrativos dedicado a preservar o legado de Corita. Para mais informações por favor visite corita.org.